Artes Integradas

do Mercosul

A CULTURA DA INTEGRAÇÃO

O primeiro Encontro Cidades Integradas do Mercosul, realizado em parceria entre a Associação Brasileira de Municípios –ABM , Instituto Latinoamerica e Prefeitura Municipal de Santa Maria Maria-RS. O evento aconteceu nos dias 25 à 30 de novembro de 2007 na Cidade gaúcha, como o objetivo principal congregar as representações dos governos locais e federados, do setor privado e da sociedade civil organizada, com atuação nas municipalidades integrantes do Mercosul, em atividades, sob a forma de Seminários Internacionais, Rodadas Temáticas, Intercâmbios Educacionais e Culturais, Mostras Artísticas, tratando de questões relacionadas à gestão pública, focando especialmente temas relevantes para a afirmação e a continuidade do Tratado de Assunção e do Protocolo de Ouro Preto.

O 2 º Encontro Cidades Integradas do MERCOSUL  aconteceu nos dias 07, 08, 09 e 10 de dezembro de 2010, na cidade de Melo, Uruguai. Durante cinco dias, cerca de cinco mil pessoas se envolveram em atividades políticas e culturais promovidas pela Associação Brasileira de Municípios (ABM), Instituto Latinoamerica e Governo de Cerro Largo - Uruguai.

 

O evento discutiu políticas de integração do MERCOSUL sob a ótica das cidades que integram o bloco. Temas como integração cultural, políticas para as cidades de fronteira, preservação do aqüífero Guarani e Lagoa Merín, relações políticas entre gestores municipais de cidades vizinhas e países distintos, saúde, segurança alimentar, descentralização das decisões políticas do bloco a nível municipal, políticas locais para as mulheres, entre outros. O evento lotou as agendas de prefeitos, vereadores, governadores e observadores dos quatro países do bloco.

 

O anfitrião do evento e governador de Cerro Largo, Sérgio Botana, analisou que o evento serviu para dar voz às cidades mercosulinas; de modo especial a dos países menores como Uruguai e Paraguai. “A desigualdade não pode conviver eternamente com a participação democrática. Eu acredito que o municipalismo começa a abrir caminho no Uruguai, com o apoio da ABM, em nome da igualdade, da liberdade e também em nome da eficiência e do controle”.

 

Na mesa de encerramento do evento coordenada pelo diretor-executivo da ABM, José Carlos Rassier, estavam, além do governador uruguaio, o Presidente do Instituto Latinoamerica - Atanagildo Brandolt, o ex-presidente do Uruguai e um dos fundadores do MERCOSUL - Luiz Alberto Lacalle e o embaixador do Brasil no Uruguai - Costa Martins. Todos os países do MERCOSUL estavam representados.

 

Ao final, foi aprovada a Carta de Melo, que reuniu as propostas apresentadas durante todo o evento. A Carta foi entregue aos chefes de Estado dos Países do MERCOSUL pelo governador uruguaio, na reunião de Foz do Iguaçu, em 16 de dezembro de 2010.